quinta-feira, novembro 23, 2006

Princípios Simples XIX

Ter paixão no que se faz. O resto virá.


| Entroido | Entrudo | Carnaval | etc | Laza | Laça | etc | 2006 |

terça-feira, novembro 21, 2006

terça-feira, novembro 07, 2006

Na verdade, é um fixolas.

Vou pensando alto, sem colocar pontos de interrogação.

É possível em Portugal ter um blogue de referência durante anos a fio, onde se discute de forma consequente e divertida toda a actualidade social, internacional, histórica e política. É possível fazer tudo isso sem qualquer pretensão de notoriedade pública ou de promoção própria. É possível que quem veja esta imagem não faça a mínima ideia de quem se trata, em que cidade habita, o que faz e o que estudou. Mas é até possível adivinhar quem é ele. Para tal, talvez tivessem que o conhecer de outras andanças. Se for o caso, disfrutem também disso no anonimato.


| J | nome fictício | Porto | Fevereiro de 2006 |

sábado, novembro 04, 2006

Mais uma marca mundial

Tal como a Carlsberg, provavelmente o tarifário mais complexo e o sistema de bilhetes mais besta de todo o planeta.

Minha senhora, passe-me por favor o livro de reclamações. Obrigadinho.

No passado dia 30 de Outubro fui confrontado com a impossibilidade de carregar o meu cartão andante gold com a assinatura do mês de Novembro. Dirigi-me à loja andante de S. Bento, onde foi confirmada a anomalia e onde me disseram que isso resultava de um minúsculo traço na superfície do cartão. Fui considerado a causa do problema e por essa razão vi-me obrigado a solicitar novo cartão pagando por isso cinco euros.

A minha reclamação prende-se com o facto de este custo não me poder ser imputado.

a) O cartão foi sempre conservado devidamente e a referida marca que é visível à sua superfície é ridícula, como poderá ser confirmada por quem o entender fazer.

b) O cartão é guardado na carteira ao lado de outros cartões electrónicos de funcionamento semelhante como cartões de acesso a edifícios, cartões bancários e cartões telefónicos, sendo este o único e primeiro caso em que algum deles deixou de funcionar.

c) não é compreensível que um cartão andante normal que custa 50 cêntimos seja flexível ao passo que um cartão que custa dez vezes mais tenha que ser transportado dentro de uma redoma.

d) uma vez confirmada a avaria do cartão, esta é uma avaria de um dispositivo electrónico que não resulta do seu uso indevido. Este tipo de dispositivos, tanto quanto sei, tem no nosso país um prazo de garantia de 2 anos. É essa garantia que deveria ter sido accionada nestas circunstâncias.


| a charanga | xinzo de Limia | entrudo ou carnaval ou entroido ou o carago | fevereiro 2006 |