segunda-feira, fevereiro 11, 2008

gone baby gone

O cinema tem para mim esta coisa de me fazer pensar no que não é óbvio. De poder viver coisas que estão felizmente muito longe da realidade em que vivo. De, em certo sentido, ganhar experiência de vida, sem ter experiências na vida (que perigoso que isto é, hã?). O bom cinema é muitas vezes mais "isso" do que um bom livro. Vendo bem as coisas, não são coisas exactamente comparáveis.

Foi um pouco o que senti ontem ao ver o «vista pela última vez...». Lembrei-me por duas ou três vezes do Mystic River. Hoje venho a descobrir que há uma razão para isso.

Não sendo genial, é um filme bem catita e apeteceu-me dizer isto ao mundo. Ouviste mundo?



prédios no porto

| não, não fui a nova iorque | porto | 2008 |

2 comentários:

pedro, ex-posto de escuta disse...

"ganhar experiência de vida, sem ter experiências na vida"

frase perigosa, sem dúvida.

"ouviste mundo?"
apetece começar um blog só para citar essa frase.

Sofia disse...

Há poucos filmes geniais. Se for um bom filme, já não é mau.